Pandemia e graduação: devo continuar me qualificando?

Pandemia e graduação: devo continuar me qualificando?

O momento de incertezas em que vivemos nos faz refletir cada vez mais sobre perspectivas futuras. O fato é que adquirir conhecimento, pode ser uma maneira de nos preparar para desafios que ainda virão.

Publicado em 04 de dezembro de 2020

No dia 1º de janeiro de 2020, bem antes de a pandemia atingir o Brasil, o que você esperava deste ano? (Re)Ingressar na graduação provavelmente estava na lista de desejos de muita gente. O que não planejávamos é que uma pandemia pudesse alterar, mesmo que momentaneamente, os planos e mudar a vida de muitas pessoas. Inclusive para aqueles que se preparavam para (re)começar a faculdade neste ano. 

Afinal, com o mundo de incertezas em que vivemos, como pensar em qualificação profissional?

Fazer uma previsão de como será o novo normal é difícil? Muito! Mas o que as perspectivas de alguns especialistas indicam é que no momento em que a pandemia for controlada em nosso país, a economia começa a dar os primeiros passos para um mercado mais estável. Aqueles que estiverem se preparando, investindo em qualificação e atualização, certamente terão maior destaque no mercado, certo?

Por isso, nesse momento, é preciso manter a meta de investir no seu futuro. Afinal, aumentar sua bagagem de conhecimento teórico e prático é fundamental para sua qualificação profissional. Tenha sempre em seu currículo o diferencial que o mercado exige atualmente e continuará exigindo no futuro.

Perspectivas do futuro: mercado e áreas de atuação 

Uma mudança possível, diz respeito a atuação no estilo home office de colaboradores de empresas atuantes em diversas áreas. Ter a liberdade de trabalhar de casa, pode também modificar a dinâmica de algumas empregadoras. Por isso, a dica é aproveitar ao máximo para se atualizar e dominar certas ferramentas que poderão torná-lo um profissional ainda mais completo. 

A expectativa é que no cenário pós-pandemia, haja um aumento da procura e da valorização de profissionais da Saúde em nosso país. Se o seu perfil se encaixa em cursos responsáveis por trabalhar a saúde, em suas mais variadas vertentes, vale a pena pesquisar mais sobre as profissões desta área. Mas, se você tem o perfil de Humanas, espera-se que profissionais dessa área sejam acionados tanto para analisarem a situação atual, através de pesquisas, quanto para dar suporte à população por meio da prática profissional. Já para os profissionais das Exatas, tão ligados em inovação, será período de se reinventar e estar preparado para tratar as consequências da pandemia em diversas esferas, como na natureza, em nossas casas e em nosso bolso. 

Seja qual for a sua área de interesse, investir em educação faz com que você tenha condições de atender às diversas demandas da sociedade pós-crise; aumenta as chances de sucesso na carreira; amplia seus horizontes e influencia na sua contribuição para o crescimento econômico do país. 


Fonte: https://univicosa.com.br/uninoticias/noticias/pandemia-e-graduacaodevo-continuar-me-qualificando